O que você precisa saber sobre reserva de emergência

reserva de emergencioa

Imprevistos acontecem até mesmo ao mais planejado e organizado dos indivíduos. Um problema de saúde, acidente, perda total de um negócio, podem ser inúmeras as possibilidades que te levam a precisar recorrer a um dinheiro de forma emergencial.

A Reserva de Emergência se trata de um dinheiro ao qual você pode recorrer em momentos de urgência. Por se tratar de situações inesperadas, nem sempre você será pego no seu melhor momento financeiro, por isso é válido ressaltar a importância de ter a reserva para tais eventualidades.

Foi pensando em esclarecer a importância desse recurso e sanar todas as suas dúvidas quanto ao mesmo que escrevi esse material.

Confira agora tudo o que você precisa saber sobre a Reserva de Emergência. Boa leitura!

 

Reserva de emergência é a melhor opção?

Muitas vezes no calor do momento as situações inesperadas nos levam a recorrer a pessoas, bancos ou qualquer coisa que o calor do momento junto ao desespero façam surgir em nossas mentes.

Empréstimos, cheques especiais e o próprio cartão de crédito podem vir acompanhados na maioria das vezes de altas taxas de juros, e o que deveria ser uma ajuda passa a se tornar mais uma dor de cabeça.

A reserva de emergência se mostra como a melhor opção quando em uma situação desesperadora, uma vez que esse será um dinheiro extra do qual você passa a ter suporte.

Quanto ter na reserva de emergência?

É importante que se tenha uma meta de quanto conseguir pôr na reserva, uma quantia mínima, essa quantia equivale a 6 meses das suas despesas, isso é o mínimo.

Para entender as suas despesas é preciso analisar cada uma delas, começando pelas suas necessidades básicas, como o quanto você gasta com luz, água, compras do mês, passagem e dentre outros gastos que você não pode negligenciar.

Chegando ao valor do seu gasto mensal, você agora passará a saber quanto deve ter de emergência para os próximos 6 meses.

É importante frisar também que é aconselhado ter o equivalente a um ano de gastos guardado, essa quantia passará mais tranquilidade em casos extremos, como seria o caso de desemprego.

 

Onde investir o dinheiro guardado?

No caso da reserva de emergência o que se indica é que você recorra a investimentos, pensando claro nos de baixo risco e maior liquidez.

É importante que você passe a pensar nas opções que facilitem a retirada desse dinheiro, ou que apenas tenham medidas fáceis de ter o dinheiro em mãos.

Investir em moedas estrangeiras pode não ser a melhor alternativa no caso de uma reserva de emergência. As constantes mudanças dos valores todos os dias podem te levar a fazer a troca em um momento de queda no valor da moeda.

Na hora de realizar o investimento em uma poupança busque saber de algum banco que renda mais, assim você obterá um lucro maior.

DICAS DE ONDE INVESTIR:

 

1 – FUNDOS DE RENDA FIXA

Os Fundos de renda fixa investem, 80% do seu patrimônio, isso sendo o mínimo, os investimentos são em títulos de renda fixa como o Tesouro Direto. Esse possui um gestor profissional que faz as alocações de ativos e que acompanha sempre a aplicação.

2 – CDB QUE POSSUI LIQUIDEZ DIÁRIA

CDB  tem liquidez diária sendo uma boa opção para a sua  reserva de emergência. Por ser emitido  pelos bancos, pode-se ter taxas de rentabilidade.

3- TESOURO SELIC

O Tesouro Selic é um título público de renda fixa emitido pelo governo. Em resumo, o mesmo consiste em um empréstimo de seu dinheiro para o financiamento de saúde e educação.

 

Faça o seu dinheiro trabalhar para você

É de extrema importância que você aprenda como fazer o seu dinheiro render da melhor forma possível.

Para tomar as melhores decisões na hora de investir, é imprescindível que você tenha um planejamento pessoal, dessa forma, você estará fazendo com o que o seu dinheiro esteja trabalhando por você, sendo uma forma mais cômoda de alcançar seus objetivos e a sua liberdade financeira.

 

Conclusão

Atualmente no Brasil mais de 60% das famílias não possuem nenhuma  reserva de emergência.

Quando surpreendidos por alguma situação inesperada, financeiramente falando, essas famílias recorrem a meios que na maioria das vezes possuem juros abusivos, como seria o caso de empréstimos e cartões de crédito.

A reserva de emergência é uma alternativa pouco explorada e abordada nos lares brasileiros, sendo uma alternativa com maiores benefícios do que as citadas anteriormente.

Tendo ciência de que imprevistos podem acontecer a todos é importante que você crie a cultura de criar uma reserva de emergência.

Com planejamento e disciplina qualquer tipo de estresse podem ser evitados.

Agora que você leu esse artigo e sabe como funciona uma reserva de emergência, é hora de começar a se programar e adotar pelo menos uma das tantas formas de investimentos que mencionei para fazer o seu dinheiro trabalhar por você.

Comentários no Facebook

Termos de uso | Políticas de Privacidade

Desenvolvido por hashes – CNPJ: 37.197.780/0001-11